Jovem morre em corrida de touros de Pamplona (ainda bem)

Temos um bom motivo para comemorar. No mês passado, um idiota morreu nas “festas” (?) do touro em Pamplona. O nome do animal é Daniel Jimeno Romero, de 27 anos. Felizmente, um estúpido ignorante a menos nesse mundo. O “feliz acidente” ocorreu durante as festas de San Fermín.

A Festa de San Fermín acontece anualmente entre os dias 7 e 14 de julho em homenagem ao Santo Padroeiro de Pamplona, na Espanha. O ponto auge da festa é o “encierro”, que é uma corrida onde os jovens se vestem de vermelho e branco para chamar a atenção dos touros que são soltos nas ruas e no meio da multidão saem em disparada percorrendo um circuito de 850 metros. Conseqüentemente quando encontram pessoas a sua frente os ferem, há ferimentos que podem levar o indivíduo à morte. A corrida só termina quando os animais chegam à Praça de Pamplona, onde mais tarde os touros irão ser lidados por toureiros de renome, para isso os animais são feridos, por causa da dor eles ficam agressivos prontos para a tourada. Daí em diante, será um espetáculo de horror fúnebre e abjeto até a morte do animal.

Ou seja, fizeram uma festa para celebrar a humilhação, achincalhamento e finalmente a morte dos touros. Afinal, qual a graça nisso? Um espetáculo da estupidez, ignorância e atraso do ser humano. As pessoas se reúnem com seus pares débeis mentais (não os de nascença, e sim os que o são por “excelência”) para praticar uma barbárie sem nenhum fim digno. Ou seria a morte, o sofrimento e a humilhação coisas para serem comemoradas e celebradas? Não num mundo que pretende ser melhor.

Mas talvez essas pessoas não estejam pensando num mundo melhor. O que lhes interessa é a própria diversão, o prazer imediato, uma espécie de “hedonismo hediondo”. “Foda-se o mundo e viva eu”, é o lema dos acéfalos a correr pelas estreitas ruas de Pamplona.

Não há nada mais cruel do que pegar um animal (isso inclui seres humanos) que está quieto em seu canto, e condená-lo a uma morte lenta, sofrida, sangrenta, humilhante… apenas para diversão! Não existe desculpa. Somos seres racionais e sabemos sim que os animais sentem dor e sofrem tanto quanto nós. É de uma maldade, crueldade e monstruosidade sem fim matar um animal assim. Solte um touro na natureza e tudo o que ele fará será pastar junto de seu rebanho sobre um pasto verdejante, inebriado por aquela calma e paz que só a natureza consegue nos trazer.

Por fim, não podemos manter uma tradição apenas por ser tradição. Se for assim, podemos voltar na época de Roma onde havia perseguição aos cristãos. Neste caso, proponho que concomitantemente com as touradas, joguemos cristãos desarmados dentro da arena com feras selvagens para vermos os mesmos sendo dilacerados, decapitados e vomitarem sangue até a morte. Ou ainda, usarmos um punhal bem afiado e abrirmos a barriga de uma criança, expondo suas vísceras ao público e….

….

… o que? Com seres humanos não pode? E por que com touros pode?

Acima, um animal chifra outro animal. Uma barbárie digna de homem das cavernas. Oxalá tenhamos a felicidade de ver mais cenas como estas nas próximas corridas dos touros até, quem sabe, um dia prevaleça o bom senso (não falo nem em “bondade”) e ponham um fim a este festival da morte. Infelizmente, o rapaz da foto sobreviveu. Ao contrário do touro, que já estava sentenciado à morte para entreter o público com os jatos de sangue que irão espirrar para fora de seu nariz e boca quando ele estiver sendo espetado até a morte.

Compartilhar

  1. Concordo com você que isso é de uma imbecilidade sem tamanho. E também não entendo essas coisas de pesos diferentes. Com animal pode, com ser humano não. Como se ser humano não fosse animal, e muitos ainda são irracionais.E o pior é a desculpa da cultura. Usam isso como álibi para fazerem coisas erradas, somente porque é assim.Parabéns

  2. Aqui no Brasil não há (ainda) essa idiotice chamada "corrida de touros", mas temos os rodeios, tão abomináveis quanto. Uma sociedade que admite esse banho de sangue não pode se considerar civilizada.

  3. MarcelMarcel08-11-2009

    Imbecilidade cultural.

  4. JoBronzeJoBronze09-01-2009

    Sinto tanta vergonha ao ver isso! Não dá pra acreditar que o ser humano evolui, evolui, mas a cabeça continua a mesma. Ou DE-evolui???Triste e repugnante. A morte do touro, não a do moço. O homem tem ESCOLHA. Essa é a diferença! Mas todos sentem e sofrem.

  5. GilbertoGilberto09-14-2009

    Cara, num ponto até concordo com você, é uma imbecilidade sem tamanho esta corrida de touros, porém é uma imbecilidade maior ainda sua visão sobre a morte deste rapaz, você devia se invergonhar em comemorar a morte de um homem. Você é o que chamo de falso moralista!!!!!!!!!!!!!

  6. AnonymousAnonymous09-18-2009

    @ GilbertoQuem falou de moral aqui?O fato do rapaz ter morrido foi algo totalmente 'natural' visto a idiotice que é correr de touros em ruas estreitas… o ser humano não tem como ganhar contra um animal deste se não estiver armado. E o pior disso tudo é que quem participa dessa barbarie o faz de vontade própria… como disse o Eduardo no post, quem sabe um dia o bom senso prevaleça… ou pelo menos quem sabe um dia o duelo seja de homem contra homem, seria muito mais 'interessante' observar seres mais 'inteligentes' duelando entre si.

  7. PriscilaPriscila07-12-2013

    Me dá nojo ver isso, merecem morrer mesmo! Um absurdo que isso ainda seja permitido!

Leave a Reply