Qual é a idade da Terra e como mediram isso?

  Gnaisse Acasta, rocha mais antiga do mundo com 4,05 bilhões de anos, encontrada no Canadá – clique para ampliar  
Zircões (cristais de silicato de zircônio), minerais de 1mm com idade aproximada de 4,4 bilhões – clique para ampliar

Embora a geologia não tenha nada a ver com Charles Darwin, alguns teístas tentam usar de uma lógica canhestra para ligar isso com aquilo. É de uma ignorância e ingenuidade vergonhosa querer desmontar a teoria da evolução a partir da geologia. Primeiro porque, como ciência, a geologia não se dobra ao argumento dos fanáticos de que a Terra possui apenas alguns poucos milhares de anos, conforme a bíblia. Em segundo, a geologia não compartilha da visão mitológica da bíblia. Segundo a geologia, a Terra possui algo em torno de 4,5 bilhões de anos. Mas como isso? Como sabem ou medem a idade da Terra? Como que calculam a idade da Terra?

A geocronologia é a ciência que estuda métodos de determinar o tempo geológico, registrado nas rochas. Segundo o Instituto de Geociências da USP (IGC), um dos métodos mais precisos é o método absoluto, que se utiliza dos princípios físicos da radioatividade e fornece a idade da rocha com precisão. Esse método está baseado nos princípios da desintegração (ou decaimento) radioativa. Desta maneira, o uso desse método, só foi possível depois da descoberta da radioatividade (1896), no final do século XIX. Dentre os elementos químicos existentes, há alguns que possuem o núcleo do átomo instável e são conhecidos como nuclídeos radioativos. Estes elementos, através da emissão espontânea de radiação, se transformam em elementos estáveis (nuclídeos radiogênicos). Dessa maneira o elemento-pai (radioativo) se desintegra emitindo radiação e se transforma no elemento-filho (radiogênico), como o 87Rb quando se transforma em 87Sr.

Há dois pontos importantes que permitem o cálculo da idade absoluta de uma rocha ou mineral:

1) as rochas são formadas por minerais, os quais são constituídos por elementos químicos e alguns desses, por sua vez, são nuclídeos radioativos;

2) o conceito de decaimento radioativo envolve uma constante chamada meia-vida, que é o tempo decorrido para que metade da massa do elemento-pai se transforme no elemento-filho. Essa constante é conhecida e diferente para cada nuclídeo radioativo existente.

Cada grão mineral é um crônometro do tempo geológico, assim que ele se forma, tem início o decaimento radioativo. Sendo assim, determinando-se a quantidade de elemento-pai e de elemento-filho em um mineral hoje, é possível saber há quanto tempo está acontecendo o decaimento radioativo e, portanto quando o mineral se formou. Para realizar esta medição, dissolve-se a rocha até virar pó. O próximo passo é levar os elementos, que agora estão individualizados, em uma outra solução, para um aparelho, que se chama Espectrômetro de Massa, no qual cada elemento separado será medido. Depois, então, os cálculos baseados na meia-vida do elemento radioativo são feitos e a idade da rocha é obtida.

Espectrômetro de Massa modelo

A Terra está em constante mudança. Sua crosta está continuamente sendo criada, modificada e destruída. Como resultado, rochas que registram a história embrionária do planeta não foram encontradas e provavelmente não existem mais. Portanto, a idade real da Terra não pode ser obtida diretamente de material terrestre.

Então como saber que a Terra tem essa idade? Os cientistas presumem que todos os corpos do Sistema Solar se formaram na mesma época, inclusive os meteoritos (provenientes do cinturão de asteróides). Sendo assim, como os meteoritos são corpos extraterrestres que caem na superfície da Terra, eles podem ser datados e sua idade é a mesma da formação do planeta, ou seja, 4,56 bilhões de anos. Esta idade foi determinada, pela primeira vez, por Claire Patterson em 1956, usando os isótopos de chumbo (Pb). A meia-vida do chumbo é, justamente, 4,5 bilhões de anos. Claro, na Terra também há elementos que comprovam sua idade longeva. O registro mais antigo do planeta, determinado em zircões (cristais de silicato de zircônio) contidos em rochas na Austrália, tem 4,4 bilhões (Austrália).

Oras, mas você encontrará na internet os maiores absurdos por parte dos criacionista “provando” que a Terra possui 6000 anos ou por volta disto. O primeiro problema é que, diferente deste blog que você lê, curiosamente ninguém NUNCA foi atrás das fontes de certas baboseiras e as propagam como verdades científicas comprovadas. Vejamos esta “pérola” dos religiosos: Cristais de zircônio contêm urânio, que ao decair produz hélio. Quando se mede o hélio liberado pelos cristais de zircônio chega-se a apenas 6.000 anos, pois se fossem mais antigos, conteriam menos hélio.”

Quem disse esta asneira foi um “cientista”. Um físico chamado David Russell Humphreys. Mas espere. Além de físico ele é… professor do Institute for Creation Research, trabalha no Creation Ministries International e é da diretoria do Creation Research Society. Pois é. Mesmo de um “cientista”, não podemos esperar muito quando ele guia seus trabalhos por suas crenças ao invés do método científico. O tal “cientista” fez sua teoria em 1995 e desde então não a reavaliou ou criticou sob a luz de novas tecnologias e descobertas. Tampouco divulgou grandes tratados para serem avaliados e criticados pelos cientistas especializados na área. Kevin R. Henke, Ph.D em geologia pela Universidade do Norte de Dakota, faz uma detalhada crítica às idéias absurdas de Humphreys, que desvirtua a ciência para tentar “provar” uma questão de fé, num longo texto: Young-Earth Creationist Helium Diffusion ‘Dates’ Fallacies Based on Bad Assumptions and Questionable Data.

O “genial” cientista criacionista também citava que ele e seus amigos (criacionistas) encontraram traços de radiocarbono em diamantes. Ora, o Carbono decai numa meia-vida de 6000 anos e não é capaz de datar coisas com mais de 60.000 anos de idade. Se existissem traços de radiocarbono em diamantes poderíamos dizer que os diamantes se formaram há menos de 60.000 anos, e não há milhões ou bilhões de anos, como esperado. Bem… cientistas sérios, efetivamente, nunca encontraram nada nas leituras de radiocarbono! Dr. R. E. Taylor, do Departamento de Antropologia da Universidade de Califórnia, usa diamantes também…. mas apenas para medir a imprecisão (ruídos) dos instrumentos de datação (“Use of Natural Diamonds to Monitor Radiocarbon AMS Instrument Backgrounds.”) justamente porque o diamante NÃO possui radiocarbono!

Em outro site cristão, falaram que “amostras da Lua, do Projeto Apollo, foram datadas tanto com o método do Urânio-Tório-Chumbo como Potássio-Argônio. Os resultados apresentaram resultados que variaram de 2 milhões a 28 bilhões de anos de um método para outro”. Bom, novamente não apresentaram fonte alguma. Mas eu vos apresentarei 2 fontes. Uma foi um teste feito em 2005 e outra em 2007 onde os resultados foram bem similares: aproximadamente 4,5 bilhões de anos, através da datação pelo tungstênio-182 de rochas lunares.

Então, lembre-se: a Terra tem sim 4,5 bilhões de anos. Não importa se você acredita nisso ou não. A fé não muda a natureza dos fatos. Conclui-se, por A + B, quantas vezes forem necessárias, que a ridícula idade de 6000 anos é incompatível com a geologia da Terra (e até com a própria história da humanidade, já que pinturas rupestres são mais antigas que isso). Agora… se os teístas virão dizendo que “a métrica de anos para deus é diferente daquela que usamos” e outras desculpinhas para justificar a débil fé, isso já entra no campo da metafísica e não temos como provar o contrário. Mas haja imaginação para inventar essa desculpa, hein?

Compartilhar

  1. DébyDéby11-16-2009

    Pois pra mim, mais ridiculo é o fato de você usar todos os argumentos para provar que Deus não existe.Pois se a idade de 6.000 anos não fosse realatada pelos criacionistas, talvez você até acreditasse nela. Mas claro, como a teoria da evolução precisa dessa sustentação de que a terra é muito antiga, então vocês ensistêm no fato de que a terra tem 4,6 bilhões de ano.Você é cientista por acaso? quem te garante quais do ciêntistas estão certos?Deixe-me te dar um concelho:Ao invez de usar todos os seus argumentos e gastar o seu vasto vocabulário para tentar provar que Deus não existe, procure primeiro pesquisar para saber se Deus existe.A palavra de Deus diz que só existe um caminho para a salvação:Jesus Cristo, apertada é a porta e estreito é o caminho que conduz a salvação, e poucos são os que a encontram, em contrapartida existe todos os outros caminhos inclusive o do Ateísmo que levam a porta larga que que conduz a perdição.Não se deixe enganar, meu amigo, a eternidade longe de Jesus eu te garanto que não será nada boa, não feche os olhos para essa realidade, procure pesquisar as fontes primeiro, pois é melhor do pagar pra vê.

    • Breno SantanaBreno Santana01-01-2013

      que provas vc me daria para sustentar tal ideia? temos provas de nossas convicções, e vocês? apenas palavras sem provas concretas, absolutas e quantificaveis….. estou trabalhando em uma super pesquisa que reunirá provas incontestáveis e absolutas sem nenhuma lacuna em sua contrução que irá por a baixo toda convicção religiosa de criação divina… lembre-se "jamais acuse um ladrão sem provas concretas e absolutas"…. fica a dica meu caro

      • JJ SoaresJJ Soares08-28-2013

        Utilizar-se da ciência para falácia é desonestidade intelectual, conhecimentos básicos de ciência nos ensina que o que é verdade hoje, pode não ser amanhã, então senhor Breno Santana, baixa a bola, pois tudo que temos de científico hoje permanecerão até que surja uma teoria mais completa e convincente, como no caso da lei da abiogêneses que defendia a ideia que a vida nascia espontaneamente(praticamente do nada) esta teoria foi sustentada antes de Cristo,durante centenas de anos, e só foi derrubada só agora por volta do sec. VIII ou XIX, pela lei da Biogêneses, que foi provado que uma vida vem obrigatoriamente de uma outra vida, algo óbvio, que passou centenas de anos para que houvesse condições para ser provado.

    • OliveiraOliveira08-28-2014

      Qual é o seu problema? Voce não percebeu que foi explicado cientificamente como é feita a datação?

  2. jonasjonas11-21-2009

    Ridículo é como querem simplificar a natureza e suas variações.Estavas tu ou alguns destes cientistas no momento da formação destas rochas?Para maior entendimento seu há controvérsias!!!Para se chegar a essa "especulação",todas as amostras devem possuir a mesma idade,e também todas devem possuir a mesma proporção inicial dos isótopos-filhos,e deve haver uma ampla variação nas proporções de isótopo-pai e isótopo-filho nas amostras.Essas datações"especulações,partem de pressupostos e interpretações:As amostras do isótopo-pai não foram contaminadas,e para que os cálculos sejam confiáveis,os métodos precisam admitir que nada poderia ter ocorrido no passado que produzisse qualquer alteração nas quantidades dos elementos estudados e mesmo das constantes utilizadas(meia vida do elemento).Como vês não é tão simples como parece.Leia MAIS ,ESTUDE,PROCURE OLHAR CRITICAMENTE os resultados apresentaDOS,POIS ATRÁS DELES APARECEM UMA COSMOVISÃO NATURALISTA FILOSÓFICA,longe da verdade.Alguém já esteve a 4,6 bilhões de anos atrás a ver tudo isso que se fala?Seja crítico,e analise!Abraços

  3. Francisco MárFrancisco Már11-27-2009

    Nunca vi um texto tãi idiota como esse! Cheio de preconceito. O que você desclassifica o cientista por ser criacionista eu desclassifico esse blog por se evolucionista e o outro cientista por ter pressuposto evolucionista. Veja que idiotice!Idiota, você ainda não sabe que a datação radioativa não é exata? Você ainda não sabe que essa datação exige pressupostos da idade antes da rocha avaliada? Não sabe que por isso que de vez em quando sai notícias em revistas científicas mudando datas?Estuda.

  4. AnonymousAnonymous04-02-2010

    a idade da terra segundo a biblia é de mais ou menos uns 6000 anos. a sabedoria do homem para DEUS é loucura!portanto eu não acredito em loucos!!!

    • moacirmoacir03-04-2013

      irmao me desculpe mas a idade da terra nao tem 6000 anos e sim a humanidade vai completar;temos como saber pela propia biblia e pela ciencia .irmao quem sou eu para lhe ensinar,contudo leia mais com atençao a biblia.e tambem nao siga a padres,pastor,papas etc.siga ao criador do ceu e da terra,aceitando o seu filho como salvador.um abraço…

      • cop905cop90507-30-2013

        Mas que besteira, Sr. Moacir !!! Como que humanidade tem 6000 mil anos? Existem fósseis de humanos de 200.000 anos e até mais que isso. Por favor, não diga bobagens!!

  5. ThomazThomaz04-07-2010

    sigo a biblia e não cientistas loucos… que so inventam mentira nos não podemos acreditar em cientistas, para ouvir coisas que não existem..

    • moacirmoacir03-07-2013

      irmao thomaz boa tarde.em primeiro lugar nao quero lhe ensinar,porem,irmao os cientistas tem razao a terra é muito mais velha,porque digo e atesto,segundo a propia biblia a terra era sem forma e vazia.entretanto so é olhar para o espaço:marte,saturno,plutao etc.eles todos sao sem formas e vazios.sei tambem que pela geometria os planetas tem uma forma circular,no entanto a biblia estar se referindo a varias fontes de vida.irmao nao sei porque o criador fez tantos astros,talvez para confundir os homens que se acham deuses.irmao eu tambem tentei ser ateu mas nao conseguir.

  6. ObservadorObservador12-20-2012

    Interessante é que ele XINGA a vida pessoal e não CRÍTICA a teoria do David Russell. Se ele pensa o contrário de Russel deveria expor ARGUMENTOS, onde estão os seus ARGUMENTOS meu caro?__É fácil fugir de uma realidade que não agrada os desejos da carne, difícil é provar que é mentira. tasccc

  7. TwinTwin01-12-2013

    se vocês não acreditam em "cientistas loucos" parem de usufruir dos avanços tecnologicos e da medicina, pois TUDO que vocês utilizam hoje foi conseguido através da ciencia, se vocês não acreditam nela montem uma cabana e se mudem para o meio de uma floresta e vivam com os animais, e quando ficarem doentes morram ou vão rezar não procurem um medico.E ao menos a ciencia tenta explicar os fatos com argumentos plausiveis e fatos concretos. E a religião apenas se baseia em um livro escrito a dois mil anos atras o qual o autor é desconhecido."Ai mas na biblia ta escrito que ela foi inspirada por deus" é caralho se eu escrever um livro, dizendo que existe um unicornio cor-de-rosa e foi Sheva quem me inspirou vocês vão acreditar so por que esta escrito.Triste é um mundo no qual a inteligencia é tida como loucura.

    • LaryssaLaryssa07-04-2013

      Que Deus tenha misericórdia de você, não sabe o que está falando !

    • JJ SoaresJJ Soares08-28-2013

      decoreba, porque todo ateu modinha é decoreba também

  8. jose renaldojose renaldo01-22-2013

    tá tudo errado,a terra é bem mais velha do que imaginamos,o universo é muito antigo,claro a ciência tenta descobrir a idade mais não ha certeza mais garanto que isso tudo tá aí ha mais de bilhões de anos.agora prestem atenção e leiam mais a bíblia e vejam que la diz que quando o espírito de Deus chegou aqui o planeta já existia.não ha de modo algum na bíblia Deus dizendo que criou o planeta ou mesmo o universo.eu creio na existencia espiritual de Deus,não na material.o que é matéria é matéria.agora eu apoio a ciência,preciso de seus recursos,existe uma grande ignorancia dqueles que se acham cristão e não o são.não existe uma verdade absoluta no universo.por isso temos que questionar tudo e ouvir.digo com convicção que nenhum ser humano sabe de verdade quem é Deus,ou mesmo onde ele estar.mais digo que devemos separar as coisas.existe o mundo material que não se sabe a idade correta,mais tambem ha o mundo espiritual invisível aos nossos olhos.não podemos misturar tudo.que a terra tenha 4,5 bilhões de anos ou mais,qual o problema nisso?o mundo espiritual é muito mais antigo,eu diria que não teve um principio assim como não terá fim.a bíblia é espiritual e não fala deste mundo diretamente,as pessoas é que entendem assim.

  9. @ximariarosi@ximariarosi02-08-2013

    Ora, afirmar que Deus não fez parte da criação é tanta presunção quanto afirmar que Adão e Eva existiram! Contraditório? Sim! Deus se utilizou da ciência para a construção e os fanáticos (sabendo que nunca descobriremos tudo) chamam a busca pela sabedoria de 'loucura" e quanto a Bíblia – é um livro guia escrito por homens muito inteligentes e só, não há nada de divino! A ciência (como conhecemos) jamais será dona da verdade. Obs. O texto deveria ser explicativo sobre a idade da terra e não ofensivo, criando assim, um debate teológico.

  10. JefersonJeferson02-24-2013

    Só para pensar….. a bíblia não diz que a terra tem "poucos mil anos" ela se refere à terra como "vazia e sem forma", Deus separou a terra das águas, o dia da noite, fez brotar a vegetação, criou os animais dentre deles o homem. O GRANDE ERRO DA CIÊNCIA É ACHAR QUE DEUS ESTA A PAR DAS COISAS E QUE ELE E A BÍBLIA SÃO COISAS INVENTADAS POR UM GRUPO DE PESSOAS. PARA TAL ACREDITO NA CIÊNCIA DESDE QUE ELA ME MOSTRE QUALQUER MACACO QUE SE DESENVOLVEU ATE VIRAR HOMEM E, VOU MAIS LONGE; JA QUE A CIÊNCIA EXPLICA TUDO. FAÇAM A CIÊNCIA EXPLICAR O FOLEGO DE VIDA "ALMA" QUE HABITA O HOMEM…. ENTÃO ACREDITAREI PLENAMENTE NA CIÊNCIA SEM DISCORDAR DE UMA VIRGULA SE QUER.

  11. moacirmoacir03-02-2013

    irmaos eu tambem tentei ser ateu,porem,nao conseguir;vou tentar explicar:irmaos me digam se as roxas fazem sexo?se o homem veio do macaco?e o boi veio do macaco,o cavalo o tubarao o passaro todos sairam do macaco.irmao se darwim fosse vivo ele teria que pedir desculpa a biologia.entretanto é necessario 23 cromossomos do homem e 23 da mulher para entao passar de 7 a 9 meses sendo gerado pela mulher.irmao so iria existir vida complexa como a nossa se no começo tivesem 2, um macho e uma femea.voltando o assunto os cientista tem um pouco de razao e os religiosos tambem. pois quando o criado criou o homem aterra era sem forma e vazia,porem,do primeiro homem ate hoje vai fazer 6000 anos,temos como comprovar estatisticamente pela cronologia.irmao talvez voçe é ateu porque voçe estar tentando entender os religiosos,assim é dificil.irmao siga ao criador,leia a biblia pois eles dertupam tudo por dinheiro e alguns por ser leigo e enganado. um abraço.

  12. JJ soaresJJ soares08-28-2013

    muitas teses científicas foram derrubada ao longo dos anos, os cientistas presumem, presumem que tudo foi feito no mesmo instante, se o universo continua se expandindo como tudo foi criado no mesmo instante, eles calculam através da meia vida de um metal pois presumem ser este metal criado no mesmo instante da terra,ainda sim, n ão tem como provar que este metal tenha a mesma idade da terra, o que eu acredito é que em algum lugar do tempo , se começou a conferir os anos, mas e o tempo para trás que não se conferia?

  13. matheusmatheus11-13-2013

    para as pessoas saberem a idade da Terra depende de no que acreditam.Se acreditarem na Biblia a Terra tera miseros 7000 anos , mas por outro lado acreditarem na ciencia a Terra tera 4,567 bilhões de anos .Como eu acredito na ciencia , para mim aterra tem 4,567 bilhões de anos.E se estiverem errados os cientistas ,será que aTerra está aqui a mais do que 4,567 bilhões de anos?pelo visto nimguem sabe com precisão a idade da nossa propria casa aTerra.

  14. EvertonEverton05-27-2014

    vendo toda essa discussão acaba sendo vã tantas coisas uma vez que tenho 6000,60000 ou milhoes bilhoes e mais ões não tem é pressuposto pra dizer que DEUS não existe e que a bíblia é uma mentira. nem nós datarmos ate pq alguns estudiosos biblicos supõe que a terra (tornou-se sem forma e vazia) qdo DEUS lançou satanas e seus anjos nela. Bom resumindo… pra mim exixte um DEUS criador. não posso dizer que a biblia é mentirosa até pq muitas descobertas arqueologicas sobre acontecimentos narrados na biblia como o diluvio, vestigios de sodoma e gomorra foram achados.Um estudo astronomico (ouvi na globo ano passado) diz que há uma lacuna de um dia e meio nos relatos de tempo estudando a idade da terra. a Bíblia diz que josué orou e o sol parou e que DEUS retrocedeu um dia no tempo (10 graus no relogio de acaz)… entao há muitos relatos biblicos com provas cientificas e arqueologicas o que mostra que a bíblia nao é mentirosa como tentam dizer e assim por diante… Nós cristãos vamos nos dedicar a DEUS e deixar a ciência discutir entre si mesma…. até pq quando vier o que é perfeito tudo que é em parte será aniquilado e toda plenitude será conhecida, abraço a todos….

  15. CaioCaio06-18-2014

    Como sempre a galera da religião falando cada vez mais merda… O cu de vocês não tem inveja de suas bocas? de tanta merda que vocês soltam…

    • ruthruth08-11-2014

      Sr. Caio parece que voce não é muito diferente dos outros! deve haver muito pouco nesse teu célebro também.

  16. cleidecleide09-12-2014

    As teorias científicas são rebatidas por outras, desde sempre. A palavra de Deus, Bíblia, não muda nunca, é permanente. Quanto mais o homem tenta provar que Deus não existe, menos conseguem. Talvez se a ciência mudar o foco para provar que Deus criou tudo que vemos e o que não vemos, quem sabe obterão sucesso.

Leave a Reply